Vivo por jesus
warllyssong:

Então me pego voltando ao passado, recriando momentos que eu nunca tive, oportunidades que nunca obtive, amores que nunca existiram, me peguei me prendendo a pessoas que não se lembrariam de mim hoje, reconstruindo um nada e fazendo com que o próprio parece-se um tudo. Voltei a um passado contínuo, um passado-presente, voltei para procurar algo que nunca encontrei, mas não desistindo. Fui atrás de muitos objetivos que poucos deles concretizei no presente. Fui a busca da felicidade que nunca optou a aparecer para mim. E no meio de tantas memórias, de tantas pessoas que se envolviam em meu infortuno nostálgico passado, te encontrei. Pude perceber o quão era bom, o quão era importante, era uma lembrança apaga de mim, que só a recuperei dando passos atrás. Consegui me lembrar de todos os nossos risos, de todas as nossas brigas, dos choros, dos ciúmes, dos sorrisos, das surpresas, das promessas, de algo que prometemos um ao outros nunca esquecer e/ou deixar com que fosse apagada de nossa mente. Mas voltei ao meu estado, com um arrependimento no peito e me perguntando “Onde foi que erramos?”, me culpando por tua, nossa partida. Decido não perder mais tempo, não ficar me golpeando com o peso na consciência.
Te procurarei, vou te fazer recordar de todos os nossos momentos. Fazer com que tudo dê uma reviravolta e substitua o vazio que até então me acompanhou. Te procurarei […]
O meu amar — Warllyssong

warllyssong:

Então me pego voltando ao passado, recriando momentos que eu nunca tive, oportunidades que nunca obtive, amores que nunca existiram, me peguei me prendendo a pessoas que não se lembrariam de mim hoje, reconstruindo um nada e fazendo com que o próprio parece-se um tudo. Voltei a um passado contínuo, um passado-presente, voltei para procurar algo que nunca encontrei, mas não desistindo. Fui atrás de muitos objetivos que poucos deles concretizei no presente. Fui a busca da felicidade que nunca optou a aparecer para mim. E no meio de tantas memórias, de tantas pessoas que se envolviam em meu infortuno nostálgico passado, te encontrei. Pude perceber o quão era bom, o quão era importante, era uma lembrança apaga de mim, que só a recuperei dando passos atrás. Consegui me lembrar de todos os nossos risos, de todas as nossas brigas, dos choros, dos ciúmes, dos sorrisos, das surpresas, das promessas, de algo que prometemos um ao outros nunca esquecer e/ou deixar com que fosse apagada de nossa mente. Mas voltei ao meu estado, com um arrependimento no peito e me perguntando “Onde foi que erramos?”, me culpando por tua, nossa partida. Decido não perder mais tempo, não ficar me golpeando com o peso na consciência.

Te procurarei, vou te fazer recordar de todos os nossos momentos. Fazer com que tudo dê uma reviravolta e substitua o vazio que até então me acompanhou. Te procurarei […]

O meu amar — Warllyssong

Sim, eu me apaixono por olhares.
Vadia: Ai que frio, alguém me esquenta?

ilikethatbeautiful:

Eu: Eu tenho aqui um pouco de gasolina e um isqueiro. Serve? 

luccasbataglia:

To buscando em alguém coisas que não consigo encontrar em mim mesmo. (LuccasBataglia)

luccasbataglia:

To buscando em alguém coisas que não consigo encontrar em mim mesmo. (LuccasBataglia)